Capacitores Elétricos

Criado por & Incluido na categoria Capacitores Eléctricos.

Os capacitores eléctricos, também conhecidos como condensadores, nasceram da necessidade de se armazenar energia eléctrica para ser utilizada em um momento posterior. Hoje, eles são muito usados pelos electricistas no âmbito da energia elétrica e eletrônica para aumentar os efeitos eléctricos, para experiências, para atender altas demandas, para gerar energia quando não há demandas, entre outros usos.

O que são os capacitores, por definição?

Pode-se definir capacitor eléctrico como um elemento de um circuito eléctrico capaz de armazenar energia eléctrica para ser usada futuramente de maneira flexível quando houver resistência em seus terminais.

O capacitor eléctrico é composto de dois condutores que são separados por um material isolante. Quando conecta-se o capacitor por um tempo a uma bateria, o mesmo se carrega. Assim, temos que cada placa do capacitor é carregada com uma carga eléctrica oposta à outra.

De que modo um capacitor funciona?

Como dissemos acima, uma das características fundamentais do capacitor é o acúmulo de cargas opostas em duas placas que são separadas por um material isolante (chamados de dielétricos). Essas placas são localizadas o mais próximo possível uma das outras.

Uma vez que as cargas são opostas elas acabam por se atraírem e, portanto, ficam armazenadas nas superfícies das placas mais próximas do isolante.

Essa mesma atração também é responsável por criar um campo eléctrico entre as placas por meio do material dielétrico do capacitor.

Assim, ao contrário do que pode pensar, a energia armazenada pelo capacitor não tem origem nas suas placas, mas sim deste campo eléctrico criado entre elas. Por isso, se diz que essa é uma energia de campo eletrostático.

Eletrostática é o nome dado ao ramo da física responsável por estudar as cargas eléctricas quando em repouso ou em equilíbrio. Quando estas cargas não estão em movimento, dá-se o nome de eletrostática. Já quando as cargas estão a se movimentar, temos o que chamamos de corrente eléctrica e a isso denominamos de Eletricidade Dinâmica.

Se o capacitor está a carregar ou a descarregar existe um valor variável de corrente eléctrica. Contudo, o material dielétrico presente faz com que a energia não passe de uma placa para a outra, ficando, dessa maneira, armazenada.

Quando o capacitor se carrega totalmente e alcança o regime estacionário, ou se descarrega totalmente não existe fluxo de energia, já que as cargas não estão a se movimentarem.Se precisar de um serviço de eletricicstas em Lisboa, contacte-nos hoje.

Esperemos que tenham gostado, continua no próximo artigo

Rua Dr. Rafael Duque Nº5 4ºesq, 1500-249 Lisboa
912462821
info@uniscala.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *